Criançada já fazendo uso do espaço.

Ráfias plantadas, dividindo espaço com as caixas d'água que vão captar água da chuva e abastecer o sistema de irrigação das plantas do espaço.

Circuito de decks em diferentes níveis.

Circuito de decks em diferentes níveis.

Ipomea
Ipomea

Trepadeira subindo e embelezando ainda mais o pergolado.

Monkeypod
Monkeypod

Também conhecida como árvore da chuva, essa espécie é nativa do Brasil e bem comum na região amazônica e no pantanal mato grossense.

Horta comunitária
Horta comunitária

Aos poucos os moradores se apropriaram da proposta de uma horta comunitária. Tanto que foi preciso fazer um novo canteiro.

Dia lindo sob a sombra de uma jabuticabeira.

A criançada do SECRI conferindo a nova área de lazer do bairro.

Sistema de captação de água de chuva.

Apresentação - Projeto São Benedito
Apresentação - Projeto São Benedito

Projeto apresentado a comunidade para aprovação.

Desmontagem dos paletes.

Desmontagem e posicionamento das estruturas.

Nivelamento das estruturas.

Equipe Mirin.

Brinquedinho espalhados. Vai começar a brincadeira.

Dando forma ao caos.

O pessoal da Unimed dando aquela força. Comemoração pelo dia do Meio Ambiente.

Definindo o posicionamento das plantas.

A felicidade na cara de quem ainda vai plantas todas as mudas doadas pela Unimed (parceria) em comemoração pelo dia do Meio Ambiente.

planta oasis
planta oasis
planta oasis2
planta oasis2

ESPAÇO PÚBLICO DE LAZER

OÁSIS SÃO BENEDITO

 


• REALIZAÇÃO: Junho/2016


• LOCALIZAÇÃO: Bairro São Benedito, Vitória - ES


• DIMENSÃO: 144,42m²


• PARCEIROS: Ateliê de Idéias e Secri - Serviço de Engajamento Comunitário.


• PATROCINADORES: Petrobrás e Unimed


• MATERIAIS: Estrutura e vedação em madeira de palete reutilizado; pilares de lyptus, acabamento em verniz stain incolor, plantas ornamentais e horticultura.


• PROPOSTA:

 

O Espaço Público de Lazer Oásis São Benedito foi criado com o propósito de ofertar locais de lazer qualificados para crianças e adultos, e desmotivar o uso de um terreno baldio como ponto de lixo. O projeto tem caráter efêmero, utilizando materiais de baixo custo como madeira reaproveitada, para que seja possível aos proprietários do terreno aplicar um novo uso ao local no futuro.

 

Foi executada por meio de oficinas de marcenaria e paisagismo, no qual se reuniu moradores locais e voluntários externos em regime de mutirão, com profissionais habilitados direcionando e ensinando as tarefas.

 

Para a manutenção do paisagismo e horta comunitária, foi executado um projeto de captação de água de chuva utilizando o telhado de um morador próximo ao terreno.